Arquivos para posts com tag: amor (varonil)

sasha diz:
 
Orlando , prihodite ko mne
Orlando , posmotrite mne v glaza
Orlando , ya lisa
Orlando , ya lisa v snegu
Orlando , ya lisa v sneg belyĭ
Orlando , ya belyĭ plavleniya Novyĭ lisa
YA istekayu krovʹyu
YA istekayu krovʹyu
YA istekayu krovʹyu
YA istekayu krovʹyu i rasplava
Orlando
prishel ko mne
prishel ko mne
prishel ko mne
prihodyat ko mne i rasplava
rasplava
rasplava
rasplava
rasplava

imagens da primeira mostra de processo

esta é a minha vitória

Foto: Paulo Scarpa

http://www.flickr.com/photos/pauloscarpa/sets/72157626235136583

Bernart de Ventadorn

O tempo vai e vem e vira
Por dias, por meses, por anos,
Mas o deseo que me tira
A vida e dá só desenganos
É sempre o mesmo, eu nunca mudo:
Só quero a ela, mais que tudo,
A ela que só me dá tormento.

Ela ainda ri como antes rira,
A mim vêm as dores e os danos,
Pois nesse jogo a que me atira
Só ganho enganos sobre enganos
(O Amor é um jogo perdido
Quando ele é só por um mantido)
Se não houver entendimento.

A ninguém mais posso culpar
Senão a mim e a minha mente –
Só servir e nada ganhar
É coisa própria de um demente,
E se ela a mim não castiga
A loucura faz que eu prossiga:
Loucos não têm discernimento.

Eu nunca mais quero cantar
Com Eble ou qualquer outra gente,
Canções não podem me ajudar
Nem meu trovar, por mais dolente.
Tudo o que eu faça ou que eu diga
É nada para que eu consiga
Dela qualquer abrandamento.

A alegria é só aparência,
Por dentro estou estraçalhado.
Onde se viu dar penitência
A alguém, antes de ter pecado?
Mais eu peço, mais ela é dura:
Ah, se ela não tiver brandura
Eu vou morrer, já não aguento.

Mas à cruel subserviência
Me submeto de bom grado,
Pois creio, na minha demência,
Que ainda serei recompensado;
É o que nos mostra a escritura:
Um dia apenas de ventura
Vale mais do que todo um cento.

Não a abandono – é a minha vida –
Enquanto esteja salvo e são.
Mesmo depois de revestida
A espiga ao vento ainda é canção.
Por mais que seja desalmada
Jamais direi que ela é culpada,
Só lhe peço um pouco de alento.

Ah, doce dama tão querida,
Corpo bem feito, fino pão,
Ah, cara face colorida,
Que Deus formou de sua mão,
Todo esse tempo desejada,
Nenhuma outra mais me agrada,
De outro amor não me alimento.

Formosa dama bem dotada,
Quem vos formou tão bem formada
Há de aplacar meu sofrimento.

(Traduzido por Augusto de Campos. Verso, reverso, controverso. São Paulo: Perspectiva, 1978. 2. ed. Pp-89-93)

tem outros links no youtube.

rainha coroa rugas brinco joias em geral cunilíngua* sadismo mulher pai coração paterno patriarcado elétrico e velho império cu com joias ramo na orelha vovó teimosa extensão sedosa velha manhosa abstinência língua fália a palavra trono despencando queda do bolo de casamento cálice fálico cajado confeitarias jujuba granulado glacê decapitação vermelho mesntruação real calcarização craquelento espumosa venenosa sapo gordo sapo prenho aleijado crianças malditas coitadinha pobrezinha ora ora desterro paralisia atrofia paralítica demônio aleijado corpete enferrujado efeito barulho de ferrugem empalamento taxidermia chave dourada dente de ouro olho de cera osso de pratx porcelana quebrada dar e não pegar ratos fingimento do sono traças medievais (seriam os criados?) cinderela hedionda criados galinhas tropas depenadas pavão vistoso misterioso calado papagaio inglaterra tropical inglaterra subserviente oh doce rainha oh amada vulva oh mão misericordiosa salve salve oh gigante empalada salve salve minueto quadrilha bailão irlanda irish coffee cointreau com café criadagem botinas alarde alarme virtuosos ventrílocos shakespeare boquete alado flancos dourados peluquería orlando unisex vassalos proprietários corpos apropriados pó de neve ocupados algemados alegremente encantados pela reverência delicados exibidos nobres decadentes dentes de ouro rijos falos eróticos menines abanadores de 2m de altura ventiladores bonitos a cor púrpurea negros no auge cavalariços sibéricos encavalados trotes torcem o nariz para marinheiros comedores de velinhas lambuzadas vaporizadas debochadas sem nenhuma proteção

androginia maquilada androginia maquinada

* s.f. ato de buscar e dar prazer sexual com a boca e a língua na vulva da mulher. sin/var minete (HOUAISS) >> pra constar >> vulva (…) [Na anatomia humana, compreende o monte pubiano, os grandes e pequenos lábios, o clitóris, o vestíbulo da vagina, as glândulas de Skene, as glândulas de Bartholin, a abertura da uretra e a vagina.]

aparições de poetas, Browne, Shak, Thomas, Nicholas Greene, O. e sua vocação, volta aos cães, primeira menção a Milton, no café, até agora só homens, Pope, Swift, Addison, Johnson, Boswell, sra. Williams, menção a Shelleq, ironia que é veiculada qdo se explicita o caráter construído/literário da historiografia e das biografias, transformações sociais, Quixote, chegada de Isabel, mundo isabelino, primeiro poeta, a grande geada (Jaime), chuva (gótico?), (Carlos), imperialismo, monumentos em Londres, urbanização, salonières, nuvem, (Vitória), aliança, trem, livraria, luz, tecnologia has (??), metamorfoses/carreira, Ordem da Jarreteira, amor (varonil), grande sono, 30 anos, mobilização, festas, Constantinopla, Ordem do banho = duque, roubam coroa e jarra, cigana, matriz heterossexual, estou crescendo, roupas, casa, gravidez, fantasma, 1/11/1927, contemplação, solidão, amor, 3 virgens (…), o último capítulo tem uma unidade ppria, e o final é condizente com ele, carvalho (amarrou seu coração), O. p/ Eliz., livro, lareiras, paisagem, poema, poema, poema, poema, poema, poema, seg., figueira, maolína (?), figueira, ganso selvagem, sono, metáfora (bom p. comer), 3 filhos, fé – natureza, cristianismo, uma história da poesia, amores – russa andrógina = Sacha, 3 nobres, amores insípidos, Harriet Griselda, romena, travestida? (Nell Gwyn, flerte), adorado por mulheres e poetas, mulher e homem, grande dama, homem, Rosina Pepita, capitão, sumiram, Shelmerdine

isso serve para: cada coisa entre vírgulas tem referência de página, se alguém quiser. minha edição é da nova fronteira, mas é a mesma tradução do círculo (Cecília Meireles) e deve ter um esquema pra equiparar páginas.